Após ser controlado pelo Corpo de Bombeiros, o saldo do estrago causado pelo incêndio que atingiu a Marina Belvedere, localizada na Rua Arthur Matos, na Cidade Baixa, em Salvador, é estimado em pelo menos 35 embarcações.

De acordo com o presidente da Associação Clube Náutico Flotilha de Lanchas da Bahia, Darlan Ribeiro, cerca de 50 embarcações estariam no local. “O Corpo de Bombeiros estima de 35 a 37 lanchas com perda total. Graças a deus não houve vítima fatal nenhuma, a comunidade ajudou e agora é esperar o desdobramento de tudo isso”, afirmou.

A administradora da marina, Flora Franco, afirmou que o seguro deverá ressarcir todos os danos e que ainda não há informações sobre a origem do fogo. Uma perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT) será feita no local.